• Um blog para mentes despertas...

  • Reflexões sobre temas profundos, espiritualidade avançada.

  • «Conhece o mundo em ti mesmo. Nunca procures por ti no mundo. Isso seria projetar a tua ilusão.» (Provérbio egípcio)

  • Existem eus paralelos em realidades alternativas? Déja vus são vislumbres de uma realidade paralela?

  • História Oculta. Fenómenos extraterrestres, manipulação interdimensional, univero holográfico, e muito mais...

OVNI e o voo 169 da VASP: 1982

 

OVNI voo Vasp 169








Um caso famoso foi o do voo 169 da VASP (Viação Aérea São Paulo) em 1982.

O voo dirigia-se de Fortaleza para Rio de Janeiro, a 8 de fevereiro de 1982, pelas 3h00 da madrugada o comandante Gerson Maciel de Britto, do Boeing 727, avistou um objecto voador luminoso e relatou a todos os 150 passageiros que, em boa parte, foram para as janelas tentar ver o objecto. Segundo o comandante, o objecto foi visto pela primeira vez por volta das 3h da madrugada, quando o avião sobrevoava o estado da Bahia, e acompanhou a aeronave até pouco antes do pouso no Rio de Janeiro.

Britto chegou a comunicar o facto aos órgãos de controlo de tráfego aéreo. No entanto, os radares não detectaram nenhum sinal próximo ao avião da Vasp. Próximo a Belo Horizonte (MG), os radares receberam um sinal oito milhas náuticas (15 quilómetros) à esquerda do Boeing 727.

O objecto via-se pelas janelas do lado esquerdo do avião e era uma luz muito forte, que se aproximava e se afastava do avião, mudando de cores entre laranja, branco, azul e vermelho. O objecto também teria sido visto por um avião das Aerolíneas Argentinas e outro da TransBrasil, segundo o comandante da Vasp. 

Em entrevista ao "Jornal Nacional" na época, o comandante Britto disse que tentou fazer contacto com o OVNI. 

"Sinalizei várias vezes os faróis da aeronave, os faróis de asa, para ver uma resposta, talvez, por parte deles. Apenas o que pude identificar como uma resposta foi a aproximação bem acentuada da aeronave a ponto do radar de Brasília ter detectado esse objecto a oito milhas do nosso avião", disse.


ct Gerson de Britto UFO








Alguns passageiros também afirmaram ter visto o objecto luminoso durante o voo. 

"Observei muito nítido aquelas pontas, cinco pontas, meio pontiagudas e uma metade de uma argola ou de um aro. A luz era bastante forte. Um azul-claro, um azul estranho, como aquelas lâmpadas de mercúrio", afirmou uma passageira, também em entrevista ao "Jornal Nacional" na época.


This post in English

Share:

Abdução de Alan Godfrey: 1980


abdução Alan godfrey ufo








Um caso extraordinário aconteceu a 28 de Novembro 1980, a um polícia britânico Alan Godfrey na cidade de Todmorden (West Yorkshire, no noroeste da Inglaterra).








O agente Alan foi chamado a uma ocorrência, algumas vacas desaparecidas, na manhã de 28 de Novembro. Ele viu um veículo aproximando-se, era perto da estrada Burnley, parecia um autocarro, porém quando estava mais perto viu que aquele veículo era algo mais bizarro.

O estranho objecto levitava a metro e meio acima do solo, tentou assustado chamar reforços via rádio mas o rádio não funcionava. Pegou no bloco de notas e desenhou o objecto com tantos detalhes quanto possível.

Ovni todmorden










A nave parecia ter 4 metros de altura e 6 metros de diâmetro. Rodava sobre si mesma no sentido anti-horário, tinha forma ovalada. Viu um enorme flash e perdeu a noção do tempo, Alan recorda-se apenas de ter acordado numa zona a vários km dali.

Mais tarde quando foram ver o local em que a nave esteve, a vegetação no solo estava seca, naquela zona. 

Este caso foi bem sério e credível, o polícia foi analisado psicologicamente e constatou-se que não inventou nada, além disso houve mais testemunhas, polícias de outra base (Halifax) alegam ter visto também um estranho objecto luminoso descer do céu, e ir em direcção a Todmorden Little.

As botas de Alan estavam muito desgastadas e rasgadas na sola, como se tivesse sido arrastado pelo solo.

Após ter sido submetido a consultas de hipnoterapia (para tentar recordar algo, sobre os 15 minutos de lapso de tempo) Alan recordou novos detalhes.

Esteve numa sala e um homem comunicava com ele telepaticamente, o nome do indivíduo era Yosef, haviam mais seres (pequenos do tamanho de crianças) com cabeça oval, mas pareciam humanoides, meio ciborgues.

Alan chegou a dar algumas entrevistas e publicou um livro.

Nesse ano de 1980 houve vários incidentes OVNI na Inglaterra, um camionista segundo consta também foi abduzido, e um caso mais grave foi de um mineiro de Tingley: Zigmund Adamski que apareceu morto, nesse mesmo ano.

O seu corpo, encontrado num monte de carvão em Todmorden, tinha estranhas queimaduras na nuca e pulsos, um tipo de gel amarelo nas queimaduras era uma substância que os médicos forenses não conseguiram identificar. A notícia foi publicada em vários jornais, e a BBC publicou artigos sobre o caso.

O médico legista Alan Edwards, durante a autópsia, relatou que a barba de Zigmund não havia crescido durante os cinco dias que ele esteve desaparecido, bem como unhas, cabelos e pelos de seu corpo no geral. Era como se o crescimento tivesse sido interrompido por todo esse tempo. 

Não haviam ferimentos ou rupturas internas, tampouco algum dano por conta de problemas de caráter vascular ou cerebral. O médico disse: “era como se o corpo tivesse sido apenas desligado, de forma natural”.

Ufólogos acreditam que os dois casos estejam relacionados.

Zigmund foi encontrado morto em Junho, cinco meses depois (Novembro) o polícia Alan Godfrey teve encontro com um OVNI, a 2 km de distância daquela mina de carvão de Burnley.

Se quiser ver documentário, em que participa Alan Godfrey, veja aqui (estão em inglês).

Parte 1,   Parte 2


This post in English.

Share:

Caso OVNI de Stephen Michalak: 1967

incidente Ovni lago Falcon








Na ufologia existem imensos relatos interessantes, porém relatos são apenas relatos, alguns sem fotos nem evidências físicas.

Mas neste blog gosto de partilhar os casos mais emblemáticos que marcaram a ufologia e muitos deles ainda sem "Negação oficial" ou seja continuam sendo inexplicáveis.

Alguns desse casos com provas (seja objectos ou fotografias do OVNI) que foram analisadas em laboratório e consideradas provas verdadeiras.

Exemplos são as fotos de OVNI fotografadas por Carlos Díaz, no México, ou amostras de ADN extraterrestre de um fio de cabelo no caso ufológico de Peter Khoury.

Partilho agora outro caso intrigante, o incidente OVNI do lago Falcon (no Canadá), em 1967. Stephen Michalak ficou com queimaduras no corpo e na roupa, os níveis de radiação eram elevados.

stephen michalak ovni







Ainda foi encontrado naquele local pedacinhos metálicos que continham níveis altos de radiação, ainda hoje o caso permanece sem explicação plausível.






No início de tarde, a 20 de Maio de 1967, o geólogo amador Stephen Michalak estava no lago Falcon, procurando por minerais. Percebeu uma certa agitação entre os gansos que estavam por perto e, ao olhar para cima, avistou dois objectos brilhantes com formato ovalado fazendo uma rápida manobra de descida.

Um dos objectos pousou sobre uma rocha plana cerca de 50 metros de onde Stephen se encontrava, enquanto que o outro parou a sua descida abruptamente, pairando em posição estacionária próximo dele. Instantes depois, essa segunda nave partiu rapidamente, mudando do vermelho para o alaranjado e, finalmente cinza antes de desaparecer. A que pousou também mudou de cor; de vermelho a cinza, até ficar no tom de metal incandescente.

Curioso, Stephen aproximou-se cuidadosamente do objecto pousado e, segundo relatou, o OVNI  parecia-se com uma tigela com um domo no topo, e media perto de 12 metros de largura por 4,5 metros de altura. A nave produzia uma espécie de zumbido e emitia um odor semelhante ao de enxofre, e existiam aberturas através das quais era possível ouvir vozes abafadas. Stephen conseguiu distinguir pelo menos duas que pareciam ser humanas.

Stephen contou que, num primeiro momento, ele pensou que se tratava de um objecto de origem terrestre, e tentou comunicar-se com os ocupantes da nave em vários idiomas, perguntando se eles precisavam de ajuda. Mas, ao não obter nenhuma resposta, ele resolveu espreitar, enfiado a cabeça através da porta para ver se havia alguém no interior. Não havia ninguém no interior, apenas luzes e painéis. Seria a nave controlada remotamente?


Nesse momento, alguns painéis deslizaram e bloquearam a porta e, ao tentar afastar-se, Stephen tocou a nave  que, de tão quente, chegou a derreter as luvas que ele estava a usar. De repente, o OVNI levantou voo liberando ar super aquecido por uma grade que funcionava como sistema de exaustão, queimando o chapéu de Stephen e fazendo com que a sua camisa se incendiasse queimasse o seu torso. Além disso, o canadense lembra-se de sofrer um forte ataque de náusea.

Este fato incendiou as roupas da testemunha e o deixou com queimaduras de primeiro grau no estômago, onde o padrão da grade do navio foi queimado. Um hospital em Winnipeg tratou das suas queimaduras, que mais tarde evoluíram para bolhas. Além disso, os episódios de tontura, diarreia e desmaios duraram várias semanas.







Michalak relatou o incidente às autoridades canadenses e norte-americanas, concluindo eventualmente uma avaliação física e mental na Clínica Mayo em Minnesota. Esta prestigiosa clínica determinou que o homem não mentia nem sofria de problemas psicológicos. Um ano depois, vários pedaços de metal retorcido foram recuperados do suposto local onde o disco voador pousou. Os testes mostraram que o metal era altamente radioactivo ... As roupas que a testemunha vestiu e amostras do solo também foram analisadas, produzindo resultados semelhantes.

Ressalte-se que o objecto principal do caso deixou uma marca no terreno onde a vegetação não crescia. Este tem um diâmetro de 4 metros e meio e é circular. Até hoje, nem o Canadá nem as autoridades dos Estados Unidos conseguiram explicar o evento.

O caso foi investigado intensamente por vários níveis de governo e a conclusão oficial, mesmo da Força Aérea dos Estados Unidos, foi que o caso não tinha explicação, observou Rutkowski.


fonte CBC news

This post in English

Share:

The Phenomenon: Documentário OVNI

 

the phenomenon OVNIS








Saiu mais um documentário sério sobre OVNIS, "The Phenomenon" (O fenómeno). Este parece bom pois tem depoimentos de ex-astronautas e um ex-subsecretário da Defesa para a Inteligência (Christopher Mellon), entre outros, o que dá maior seriedade ao documentário.

Revela ainda vídeos OVNI de arquivos que ainda não eram conhecidos do Público.

No documentário participa também o ex-chefe de gabinete da Casa Branca, John Podesta (vários emails dele surgiram na Wikileaks sobre OVNIs).

O documentário "The Phenomenon" cobre a casuística OVNI dos últimos 70 anos, foi dirigido por James Fox e narrado por Peter Coyote.


 “A nossa equipa reuniu o testemunho e as evidências mais convincentes de todo o mundo que levarão inclusive os mais cépticos a chegar à conclusão de que não estamos sozinhos”.

Disse James Fox.

Trailer:



Site oficial


Share:

Possessão de Estefânia Gutierrez. 1991

 

possesão espiritual vallecas







Em 1991, em Espanha- Vallecas (vilarejo em Madrid) ocorreu um caso de possessão sobrenatural que originou a morte de Estefânia Gutierrez Lazaro.

O mais intrigante nesse caso, foi o testemunho de dois polícias, no seu relatório ficou escrito os fenómenos paranormais que observaram na casa.

Duas semanas antes, Estefânia (de 18 anos) tinha feito com amigos uma sessão com o tabuleiro Ouija e o copo de vidro partiu-se misteriosamente, após isso começou a ter sintomas estranhos, convulsões, sem motivo aparente.

Uma vez os amigos viram uma pequena névoa negra aproximar-se do rosto de Estefânia e entrar pelo seu nariz. Dias mais tarde ela entrou em catalepsia (não podia mover-se nem falar).

Nunca recuperou, acabou por falecer em Agosto de 1991.

A autópsia concluiu que ela faleceu de morte súbita, falência de órgãos como o coração e pulmões.

Mas isto não ficou por aqui, os pais ouviam vozes estranhas de noite chamando "mãe, mãe", alguns objectos no quarto dela e os lençóis caiam no chão (mesmo com o quarto fechado e sem correntes de ar, sem explicações plausíveis).

Por vezes ouviam no corredor da casa uma gargalhada maléfica (mas não parecia a voz de Estefânia, parecia uma voz de uma mulher velha).

Por vezes portas da casa batiam com força, uma vez um quadro/moldura com a foto de Estefânia começou a queimar espontâneamente, inclusive os pais fotografaram.







Os vizinhos, dizem que algumas vezes viram um "vulto escuro" através da janela, no quarto de Estefânia.

Os fenómenos poltergeist continuaram a aumentar, tanto que em Novembro de 1992 o inspector da polícia Jose Negri foi chamado à casa, pelas 2:40 da madrugada. 

Foi o inspector Negri, mais dois polícias e um oficial José Pedro. Os próprios testemunharam sons estranhos na casa, batidas sólidas na parede, isso ficou registado no relatório.

«Estávamos com a família, dava para ouvir e ver como uma porta de armário perfeitamente fechada abria e fechava. Verificámos a porta. Ela moveu-se de uma forma antinatural. Momentos depois vimos como uma toalha de mesa numa mesinha de telefone se tornou numa mancha por uma substância acastanhada, que o Inspector identificou como “como gosma”.  Quando verificámos os quartos da casa, vimos como um crucifixo de madeira girou de cabeça para baixo e o cristo de metal sobre ela foi arrancado. Uma das filhas do casal então colocou a cruz atrás da porta, num poster. Então, no mesmo momento, apareceram três “marcas de pregos, arranhões no poster»

Os agentes saíram da casa, um pouco assustados, e nada podiam fazer sobre aquilo.















A Família tentou exorcistas, padres, xamãs, não conseguiram eliminar aquele mal, tiveram que vender a casa e sair.

Este foi dos casos mais interessantes e inexplicáveis, documentados, pois houve testemunhas neutras (os polícias) que atestaram a veracidade dos fenómenos, e ficou registado em relatório.

Anos mais tarde (em 2017), a Netflix comprou os direitos do filme espanhol "Verónica" de Paco Shortly, baseado nesse caso real da Estefânia. No Brasil e outros países, tem tido títulos variados como "A possessão de Verónica" ou "Bom dia Verónica".


Share:

Carlos Díaz, um dos casos OVNI mais impressionantes.

 

ufo carlos diaz







Numa manhã em Janeiro de 1981, o fotógrafo mexicano Carlos Diaz parou num estacionamento deserto no Parque Ajusco, perto da Cidade do México. Estava a trabalhar para uma revista e combinou um encontro com um jornalista que ainda estava para chegar.

Diaz estava sentado no carro, preparando a sua câmera para o trabalho que tinha pela frente. Embora fosse de manhã cedo, o ar estava denso com a humidade que tornava desconfortável até mesmo ficar sentado quieto. Impaciente, Diaz começou a olhar para o relógio.

De repente, a sua atenção foi atraída por um estranho brilho amarelo vindo do vale abaixo dele. A princípio ele pensou que fosse um incêndio florestal, mas, um instante depois, a fonte de luz revelou-se um grande OVNI laranja e oval, pairando lentamente a cerca de 30 metros do seu carro.

Incapaz de acreditar nos seus próprios olhos, Diaz rapidamente agarrou a câmera. Com ele apoiado no volante, começou a fotografar freneticamente. Então, sem aviso, todo o carro começou a tremer violentamente.

Diaz saiu do veículo e tirou mais duas fotos antes que a nave voasse verticalmente para o céu, deixando Diaz em estado de choque. Este encontro marcou o início do que viria a tornar-se um dos mais fascinantes e antigos casos de contactados na história da Ufologia.

Enquanto vagava pela vegetação, Diaz foi novamente alertado da presença de um OVNI por um brilho laranja, que ele podia ver apenas vagamente através da neblina e da chuva que haviam saturado a floresta no Parque de Ajusco. Ao escalar as paredes do vale, ele conseguiu posicionar-se a 45 metros do objecto. Diaz observou a nave pairando acima dele, emitindo uma luz laranja brilhante.

Era, disse ele, em forma de cúpula com um anel liso no centro. Este, afirmou Diaz, estava coberto com uma série de meias esferas, cada uma com cerca de um metro de diâmetro. Agachado atrás de algumas pedras, Diaz pensou que as suas acções passaram despercebidas, mas, enquanto continuava a observar a nave, ele sentiu alguém agarrar o seu ombro por trás.


Diaz desmaiou imediatamente e, quando acordou, estava escuro e o OVNI havia desaparecido. Ele ficou chocado ao descobrir que, apesar da chuva forte, as suas roupas estavam completamente secas. Nesse ponto, ele sabia que algo estranho havia acontecido consigo. Quando voltou para o carro, Diaz notou outro carro estacionado à sua frente.


Nesse ponto, afirmou Diaz, uma entidade humanóide de cabelos louros se aproximou dele e lhe disse que se ele quisesse saber mais sobre o que acabara de vivenciar, deveria retornar ao mesmo local ao meio-dia do dia seguinte. Aparentemente, quando Diaz voltou no dia seguinte, ele descobriu a mesma entidade sentada na relva.

Diaz afirmou que o ser então se virou para ele e explicou que foi ele quem agarrou o seu ombro no dia anterior. Antes de partir, o ser também disse a Diaz que ele tinha vindo de dentro da nave e que Diaz iria gradualmente recuperar a sua memória do que tinha acontecido enquanto ele estava inconsciente. Com certeza, nos próximos meses, a memória de Diaz voltou, peça por peça.

De acordo com o seu relato, ele lembrou que a nave pairava directamente sobre a sua cabeça. Ao tentar tocar a nave, a sua mão pareceu passar pela luz amarela e ele pareceu fundir-se a ela. A próxima coisa que ele lembrou foi de ver a nave estacionada numa plataforma dentro de uma caverna gigante.


Diaz ficou maravilhado quando se lembrou do que tinha visto lá dentro: "Estava cheio de estalagmites, algumas das quais esculpidas no que pareciam ser esculturas maias", afirmou.

“Vi muitas pessoas na caverna, algumas das quais acenaram para mim e, em estado de choque, eu acenei de volta.” 

Aparentemente, o ser que Diaz encontrou no parque  levou-o a uma caverna menor que continha sete ovos brilhantes em forma de orbes, uma das quais Diaz foi convidado a entrar. Ao entrar, Diaz inicialmente só viu a luz amarela.

Mas então ele viu-se cercado pela imagem de uma floresta. 

"Eu podia ver todos os detalhes da floresta como se estivesse andando por ela", disse Diaz. Eu não conseguia tocar em nada, mas podia sentir a temperatura e a humidade." Podia ver e experimentar tudo, mas não estava fisicamente lá. "

O seu guia então disse-lhe que as orbes também eram um sistema para armazenar informações e que certos dados lhe foram transmitido. Diaz foi então devolvido ao parque.












CONTACTO CONTÍNUO:

Segundo Diaz, este foi apenas o primeiro de uma série de contactos com os mesmos seres, que continuaram depois. Desde 1981, Diaz afirmou que a sua experiência dentro das órbitas permitiu que ele "viajasse" para diferentes regiões do ecossistema da Terra - floresta, deserto, selva, litoral e até mesmo áreas do Ártico - com o seu contacto extraterrestre.

Por meio desse contacto, Diaz afirma ter sido imbuído da consciência da interconexão de toda a vida e da necessidade de preservar o nosso meio ambiente.

Para muitos ufologistas, especialmente aqueles que tiveram os seus "dedos queimados" por supostos contactados antes, essas alegações podem parecer rebuscadas. No entanto, Diaz é visto por muitos pesquisadores como uma fonte altamente confiável, não apenas por causa do forte corpo de evidências fotográficas que ele reuniu para apoiar as suas afirmações.


Ufólogos de todo o mundo dizem que as fotografias são das mais impressionantes na Ufologia, e originais.

Jaime Maussan, um ufólogo mexicano levou as fotos a Jim Dilettoso, um especialista em processamento de imagens do Village Labs, em Tucson, Arizona, que concluiu que elas eram genuínas. Depois de se certificar de que não estava lidando com um embusteiro, Maussan visitou Diaz na sua casa em Tepoztlan, no México. Lá, ele falou com várias outras testemunhas que afirmaram ter visto exactamente o mesmo tipo de OVNI.


A aparente credibilidade do caso de Diaz também atraiu pesquisadores de OVNIs de mais longe, que tentaram colher insights sobre a agenda alienígena das alegações de contactados de Diaz. O autor alemão Michael Hesemann, que entrevistou Diaz pela primeira vez em junho de 1994, está convencido da credibilidade da sua história.

A análise de especialistas das fotos de OVNIs de Carlos Diaz foi extremamente completa. O ufólogo mexicano Jaime Maussan deu os negativos originais ao Professor Victor Quesada do Instituto Politécnico da Universidade do México para exame.

Quesada afirmou: ‘Ficamos chocados ao descobrir que o espectro de luz do objecto era diferente de tudo que já vimos, quebrou todos os parâmetros anteriores e não correspondia a nada em nossos bancos de dados. A luz era extraordinariamente intensa. Não houve evidência de sobreposição ou fraude. Estimamos que o objecto tenha cerca de 30 a 50 metros de diâmetro. "Curiosamente, as fotos também foram analisadas pelo Dr. Robert Nathan no Laboratório de Propulsão a Jacto da NASA na Califórnia. Nathan, um céptico OVNI notório, afirmou que não conseguiu encontrar nenhuma evidência de uma farsa.


Certamente, para muitos que examinaram as três imagens, a primeira foto é a mais impressionante. Nele, a nave brilhante laranja pode ser vista através do para-brisa do carro, e a luz do objecto é reflectida tanto no capô do carro quanto na grade de proteção de metal ao lado da estrada. Esses, em particular, são detalhes que os especialistas afirmam ser extremamente difíceis de falsificar.










Existe também um video do Ovni.

Repare que, na época, não havia photoshop nem softwares de vídeo-montagens como existem hoje, para falsificar este tipo de OVNIS.



Sílvio Guerrinha


English version

Share:

Meditação e Lei da Atracção

 









Num estudo realizado pelo neurocientista Richard Davidson, da Universidade  de Wisconsin, e outros cientistas em 2000, analisaram como a meditação dos monges budistas afectava o cérebro.

Davidson colaborou com o Dalai Lama do Tibete, que forneceu oito monges budistas (alguns de seus meditadores mais talentosos) para participarem de exames cerebrais de EEG e fMRI.

O EEG registou ondas gama extremamente poderosas no lobo frontal (o córtex pré-frontal), deixando os cientistas perplexos. 

Foram realizadas mais de 40 mil horas de meditação focada. Os monges sempre meditaram toda a vida, alguns por mais de quarenta anos, os seus cérebros estavam diferentes.

Havia mais massa cinzenta em áreas corticais, relacionadas à atenção e ao raciocínio. 

Poderá encontrar notícias e links desse estudo em sites confiáveis, se pesquisar, desde a revista Nature, Science, BBC e outras.

Alguns desses estudos foram publicados na PNAS: Proceedings of the National Academy of Sciences.


Aparte das mudanças físicas e benefícios no cérebro, vamos abordar a parte da visualização criativa e co-criação da realidade:



Dicas simples para manifestar melhor:


1 . Faça novas conexões:

Fazemos novas conexões nos nossos cérebros por meio do conhecimento obtido por meio de informações, filosofia e estudo. Cada vez que aprendemos novas coisas, criamos uma nova ligação neuronal. 

A lei da atracção funciona da mesma forma. Se todos os dias, durante duas semanas, passar duas horas em meditação concentrando-se num único pensamento, como a melhor versão de si mesmo ou o mais feliz que poderia imaginar, você treina o seu cérebro.

Ao ensaiar essa versão definitiva de si mesmo, o cérebro registará esses pensamentos e o lobo frontal irá capturá-los, registando-os no seu banco de memória, projectando assim a pessoa que vai tornar-se. PNL: Programação neurolinguística.

Mude padrões de pensamentos negativos, sempre que tiver pensamentos auto derrotistas, substitua-os por pensamentos positivos, para transmutar a vibração.


Mente sobre o corpo:

Não se torne escravo(a) de hábitos e vícios, desejos do corpo, treine a sua mente para o corpo obedecer a esta, e não o oposto.

Ter uma alimentação saudável, abandonar o sedentarismo, meditar mais, irá ajudar.


Sílvio Guerrinha


Share:

LHC pode agir como uma Máquina do Tempo


CERN maquina do tempo








Seria o Colisor de Hádrons (LHC) capaz de proporcionar viagens no tempo?

Por vezes na internet mistura-se CERN com LHC, parecem sinónimos, mas o CERN trata-se da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear e o acelerador de partículas ou seja Grande Colisor de Hádrons é o LHC (Large Hadron Collider).

O LHC tem 27 km de circunferência (subterrâneo e entre França e Suiça) , e estão em marcha planos para construir um acelerador quatro vezes maior (até 100 km de circunferência).

Segundo os físicos Tom Weiler e Chui Man Ho, da Universidade  de Vanderbilt (E.U.A), em teoria o Acelerador de partículas poderia agir como máquina do tempo.

Um dos maiores objectivos do LHC é encontrar o bóson de Higgs, uma partícula hipotética, também conhecida como “partícula de Deus”, capaz de explicar por que prótons, neutrões e eléctrões possuem massa. 

Caso a partícula seja realmente produzida na experiência, os físicos acreditam que uma segunda partícula será liberada, chamada de singleto de Higgs. Em teoria, os singletos teriam a capacidade de saltar para uma quinta dimensão, movendo-se para frente e para trás no tempo.

Segundo Weiler, essa abordagem da viagem temporal evita todos os grandes paradoxos, pois somente partículas com características especiais seriam capazes de se locomover no espaço-tempo. “Se os cientistas puderem controlar a produção dos singletos de Higgs, poderão enviar mensagens para o passado e para o futuro”, explica Tom.

Fonte: Vanderbilt  University

Em minha opinião, será que a União Europeia iria gastar 7 biliões de euros num projecto enorme, apenas para estudar a "partícula de deus" bóson de Higgs?

Ou querem brincar de Deus e criar portais dimensionais? Agora vão investir mais uns biliões para um segundo acelerador de partículas que terá 100 km de diâmetro.

Repare ainda na semelhança entre a aquela secção do acelerador de partículas, na foto, que se assemelha ao portal do filme "Stargate".


Sílvio Guerrinha

Share:

Papiro de Tulli e aparição de Ovnis

 









Talvez não saiba, mas no Egipto antigo houve registos da mais antiga aparição de OVNIS em massa.

Um papiro conhecido como "Papiro de Tuulli" da 18ª Dinastia (reinado de Tutmósis III) descreve vários objectos luminosos no céu (mais brilhantes que o sol).

O papiro teria o nome de "Tulli" em homenagem a Alberto Tulli, um antigo professor e director do Museu Egípcio do Vaticano, teria sido traduzido pelo irmão dele: o o Monsenhor Gustave Tulli.

A transcrição teria sido enviada mais tarde, pelo principe Bóris de Rachewilts para Tiffany Thayer, fundador da Fortean Society.







Transcrição:

“( lacuna 1) No 22.º ano , no terceiro mês do inverno , na 6.ª hora do dia (lacuna 2 ) . Os escribas da casa da Vida descobriram que era uma bola de fogo que vinha do céu. (Se bem que ) ela não possuísse  cabeça , o sopro da sua boca (tinha) um odor fétido. O seu corpo, uma vara ( cerca de 5 metros) de comprimento e uma vara de largura. Não emitia som.

Os seus corações estremeceram e lançaram-se à terra de bruços (lacuna 3) . Eles foram ter com o rei . . .(?) para relatar. A sua Majestade ordenou (lacuna 4) foi examinado , (lacuna 5) tudo quanto foi escrito na casa da Vida, a Sua Majestade meditou acerca do que chegara. Ora , após alguns dias se passarem essas coisas , eis que elas foram mais numerosas que nunca! Elas brilhavam no céu mais do que o Sol até aos limites de quatro pilares do firmamento (lacuna 6) . 

Poderosa era a posição das bolas de fogo. A armada do rei observava-as e o rei encontrava-se no meio dela. Era após a refeição da noite . Sobre esta , elas ( as bolas de fogo) se elevaram mais alto em direcção ao sul. Peixes e voláteis caíram do céu . (Era) uma maravilha jamais vista desde a fundação deste país! Ela pediu à Sua Majestade que usasse incenso para apaziguar a Terra (lacuna 9)  Para  escrever? ) o que chegou no livro da Casa da Vida (lacuna 10) . . a fim que se guarde a lembrança? ) na Eternidade“.


Nota: Essas lacunas são pontos pretos no papiro, parece "tinta" para tentar censurar os objectos ali desenhados?

Repare; antigamente havia um sistema de medição com uma vara, equivalia a 2,96 metros aproximadamente, porém eles observaram esse objecto à distância e compararam com o tamanho da vara. Mas como sabemos, qualquer objecto no céu à distância parece pequeno (quando  observamos um avião no céu ele parece pequeno) mas o tamanho real é bem maior. O mesmo aconteceu certamente com esse Ovni, na verdade era bem maior.


Alguns cépticos dizem que esse papiro descreve uma simples aparição de um meteorito.

Ora não entendem nada de astronomia, um meteorito desintegra-se em pedacinhos na atmosfera e faz vários clarões luminosos sim, mas depois termina.

Porém, nesse pergaminho relataram que DIAS DEPOIS era possível ver as bolas luminosas no céu, por bastante tempo (tanto que o rei e a armada observaram as esferas no céu) e algumas destas se elevaram no céu em direcção ao sol.

Ora se fossem destroços de um meteorito desfazendo-se na atmosfera, a posição dos destroços seria descendente (queda), não subiam no céu nem surgiam dias depois.

Share:

Anomalia do Atlântico Sul: Restart da Matrix?

 









Como nos média só se fala da pandemia (o que é compreensível), existem outros assuntos que passam despercebidos, um deles é bem sério.

O campo magnético da Terra tem sofrido um enfraquecimento e alterações, nos últimos anos, e cientistas dizem que podemos estar prestes a passar por uma inversão dos pólos magnéticos.

Inversões dos pólos da Terra ocorrem a cada 250 mil anos e cientistas estimam que uma nova inversão está para breve (no fim cito fontes científicas credíveis, desde National Geographic, Agência Espacial Europeia, todos os links).

Tenho pesquisado esse tema online nos últimos anos e cada vez surgem mais anomalias, em primeiro: o pólo magnético norte desloca-se em direcção à Rússia cerca de 55 km todos os anos.

Segundo: Desde 2015 que se observa uma anomalia no campo magnético, chamada de "Anomalia do Atlântico Sul", acredita-se (de acordo com estudos em estalagmites) que surgiu em África há 200 anos, e agora está sobre a América do Sul.

A NASA está a monitorizar essa anomalia e diz que pode causar perturbações na aeronáutica e comunicações satélite.

O campo magnético da Terra já enfraqueceu 9% nos últimos duzentos anos, a anomalia mais observável é a anomalia do Atlântico, e o pólo Norte desloca-se todos os anos 55 km rumo à Rússia.

Não é pouco, repare após dois anos deslocou-se 110 km, e não recua, todos os anos continua a avançar.

Acham isto normal?

Algo está para acontecer.

A anomalia magnética é recorrente.

Cientistas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP no Brasil, analisaram o magnetismo de estalagmites na caverna Pau D'Alho em Mato Grosso, usando um magnetómetro sensível, concluiu-se que variações rápidas no campo magnético eram recorrentes.

Dados recentes mostram que o "vale" da anomalia, ou onde há menor força no campo magnético, se dividiu em dois lobos, causando ainda mais dificuldades para missões de satélite.


Fontes:

BBC:

UOL Notícias

Jornal da USP

Site da NASA

ESA: Agência espacial Europeia

Share:

Petição: Salve o projecto Blue Book

 









Project Blue Book foi uma excelente série sobre Ovnis , do canal História (teve duas temporadas e não querem renovar). Esta série teve efeitos especiais de boa qualidade e a envolvência das histórias muito boa em cada episódio, baseado em casos reais que ocorreram, como a queda do Ovni em Roswell em 1947, Foo fighters, incidente Ovni em Washington  1952, entre outros. A série é tão boa ou ainda melhor que os famosos "X-Files", revela bem como havia rivalidade entre a força aérea e a CIA e o projecto Livro Azul seria para encobrir provas de casos Ovni e fornecer ao público explicações científicas falsas.

Existe uma petição, que já conta com mais de 20.000 assinaturas, para salvar a série (para filmarem mais temporadas), assine e partilhe.

Save project Blue Book.

Share:

Sósias são clones ou eus Paralelos?

 









Já reparou a quantidade de sósias (dezenas deles) em pessoas famosas, desde actores/ actrizes, cantores(as)?

Em pessoas cidadãos comuns, não famosos, também há pessoas idênticas. Curioso não?                           Dá que pensar.

São clonagens secretamente elaboradas? São almas-grupo com a mesma origem, são eus-paralelos?

Rostos que mais facilmente podemos reconhecer são de actores famosos

Ben affleck e Ryan reynolds são muito semelhantes.                                                                  

Kurt Russell e Patrick Swayze (já falecido).                                                                                 

Daniel Radcliffe (actor de Harry Potter) e Elijah Wood.                                                                

Andy Garcia e Mark Strong.                                                                                                           

Kristen Stewart (actriz de Twilight) e Jena Malone.                                                           

Leonardo Dicaprio assemelha-se a Jack Nicholson quando era mais novo.                                 

Frank Langella e Christopher Lee.                                                                                                   

Nicole Kidman e Naomi Watts.                                                                                                  

Salma Hayek e Penelope Cruz (são muito idênticas).                                                                

Kevin Costner e Josh Lucas.                                                                                                       

Peter Sarsgaard e Kiefer Sutherland.                                                                                    

Vincent Phillip D'Onofri e Mark Ruffalo.                                                                                           

David Schwimmer e Justin Long.                                                                                                

Rhona Natasha Mitra (actriz em Doomsday e em Underworld como Sonja) e Kathrin Romary Beckinsale (actriz em Underworld como Selene).

































Share:

Starlink a nova Matrix da vida real?


starlink e matrix

Recorda-se dos filmes “Terminator” (exterminador implacável) em que o futuro (à semelhança de Matrix) era controlado por máquinas de inteligência artificial? 

A Terra era controlada por uma rede inteligente Skynet. Considero esses filmes tão proféticos (ou mais) do que a trilogia Matrix, repare já estamos a construir computadores quânticos e de inteligência artificial, ciborgues cada vez mais realistas, e recentemente Elon Musk lançou alguns satélites do seu projecto “Starlink”, coincidências?

Talvez de início, Elon Musk, tenha boas intenções, mas a longo prazo o poder, a sensação de controlo, irão subir. Repare, tudo tem um lado bom e mau, o lado bom será internet rápida (até 1 gbps) em alguns países pobres, muitos terão acesso gratuito à internet, outros países mais civilizados poderão ter internet a um preço acessível.

Agora vem o lado ruim: Elon Musk e a sua “Space x”, a longo prazo terão o monopólio da internet, pois ela vem do espaço (serão cerca de 12 mil satélites pequenos), isso significa que outras operadoras de internet na Terra podem ficar sem clientes. Assim que Elon Musk controlar a internet, poderá ter o controlo de quase tudo e definir os preços que bem entender. Além disso o planeta já está rodeado por milhões de pedaços de lixo espacial, 12.000 satélites irão tornar-se em mais sucata a orbitar a Terra.

Se essa internet da Space X tiver algum tipo de programação inteligente (I.A) aí as equivalências com a famosa Skynet do filme Terminator serão 100%... Está a perceber?

Se os serviços Secretos o seduzirem com uma proposta de triliões de dólares para a "Starlink" fornecer dados dos cidadãos e converter-se numa rede de espionagem, ele vai recusar?

O curioso é Elon Musk fazer isso, sabendo que podemos estar a viver uma simulação (uma espécie de Matrix) ele próprio acredita nisso e disse-o em entrevistas em jornais conceituados e documentários de tv. Estará Elon Musk a tentar criar a sua própria Matrix artificial? 


Mas estamos todos, literalmente, dentro dela (planeta Terra).

Vivemos tempos curiosos.


Share:

Canalizações espirituais e Covid-19



















Quero deixar-vos uma mensagem importante.

Noventa e nove por cento das canalizações espirituais na internet são fraude, reparem que supostas organizações como "COBRA" Movimento da resistência e Aliança de seres esfera entre tantas outras são entidades draconianas negativas a fazer passar-se por seres de luz.

Muitos pseudogurus canalizadores espirituais desejam meramente protagonismo, se realmente canalizassem mensagens verdadeiras teriam advertido a todos nós sobre uma pandemia mundial e não o fizeram, porquê?

As entidades extraterrestres positivas não poderiam avisar-nos para não intervir no nosso carma colectivo?

Por favor comecem a filtrar a informação que leem, noventa e nove por cento dos blogs e sites espirituais (mesmo os escritos em inglês) são de curiosos que pouco entendem do assunto.
São necessários muitos anos de estudo e prática espiritual, manter uma consciência limpa e dedicada para que a mente superior (o Eu superior) mantenha uma conexão constante com o divino e o fluxo de informação espiritual seja contínuo.

Escrevo e pratico espiritualidade há vinte e dois anos, publiquei livros, alguns estão em amazon.com, tenho alguma noção do que falo.

Verdadeiras entidades extradimensionais superiores, que comuniquem espiritualmente connosco e transmitam mensagens, raramente divulgam nomes, não querem ser endeusadas, não desejam protagonismo, não desejam incutir o medo na nossa mente, portanto filtre bem o "lixo" que anda a ler online.

Nomes são vibrações, quando uma entidade diz ser "Kryon" ou "Ashtar sheran" ou qualquer outro nome essa é apenas uma vibração para se aproximar foneticamente de um nome que nós humanos consigamos reconhecer, não é o nome verdadeiro da entidade em si, alguns são simples egrégoras criadas pelos supostos gurus canalizadores.
Qual é a sensação, vibração que a palavra "COBRA" voz faz sentir interiormente? 
Uma cobra é uma serpente, uma palavra com vibração negativa associada a mensagens espirituais, que entidades se escondem sob esse codinome?

Posso dizer-vos que muitas vezes recebo insights, flashes de informação e canalizo mensagens.
Covid-19 (a doença do coronavírus) foi artificialmente criada, quem disser o contrário (seja entidade ou mensagens canalizadas em sites espirituais) está a mentir.

Este vírus foi criado artificialmente pela elite obscura com a finalidade de controlo populacional e baixar a vibração do inconsciente colectivo e desta MATRIX, para se manterem no "jogo" e atrasar a ascensão.
Tudo isto é um jogo.

Mantenham-se seguros(as), protejam a si e aos seus.

Façam orações, enviem energia mentalmente (visualização) desejando proteger todos os seus amigos, familiares, filhos(as), conjugues, quem praticar Reiki por favor enviem energia gratuitamente a todos.
Meditem, elevem as vossas vibrações.

Quarentena, significa também nesta fase recolhimento, introspeção, vire-se para dentro, encontre o seu íntimo.

Muitos dos que estão a desencarnar devido ao covid-19 (não querendo generalizar, obviamente) tiveram agora o seu momento cármico de partir, guias espirituais dessas almas estão recebê-las e ampará-las.

Existe uma guerra de polaridades neste plano (entidades de polaridade negativa e outras de entidade positiva), nós somos peões nesse jogo, algumas entidades negativas estão a nutrir-se da energia negativa deste momento pandémico, medo coletivo, milhares de mortes, enfim...

Mas, por outro lado, entidades positivas estão igualmente a receber as almas dos que desencarnam, guiando-as e protegendo-as noutros planos existenciais.

Existem muitas coisas mais profundas a ocorrer por detrás do véu, infelizmente quase nenhum site ou canalizador espiritual vos revela isso.
No próximo ano, 2021, acreditem, a situação vai repetir-se.

Continuem fortes, somos guerreiros de luz em tempos curiosos, enviem energia de cura para todos os vossos conhecidos, amigos, familiares, parceiros(as), vamos ajudar a equilibrar as energias.

Sílvio Guerrinha

Share:

Arcontes


Share:

O efeito Mandela - Filme

















Recomendo assistirem o filme "The Mandela Effect" (de 2019) muito interessante, combina várias teorias de conspiração, física quântica e teoria da Simulação, efeito Mandela, realidades paralelas.
Procurem no google sites para baixar, ou em torrents como Rarbg.

Trailer:
Share:

Profecias


Share:

Séries e Filmes de Ovnis

series de Ufos












Neste artigo partilho o nome de algumas séries e filmes sobre Ovnis, no entanto divulgo apenas aqueles filmes que abordam a Ufologia com alguma seriedade. Cansei de séries como "X-Files" que por vezes roçam o folclore com histórias de monstros e homens-lagarto, ou filmes como "Alien" que tal como outros só mostram monstros horríveis a destruir a humanidade depois algum herói americano explode o Ovni com uma bomba nuclear.
Portanto, vou concentrar-me em séries e filmes educativos.


Séries:

Taken: De 2002
Minissérie sobre conspirações do Governo e Ovnis, transmitida em 2002 pelo canal SyFy, ganhou o prémio Emmy de melhor minissérie, foi  produzida por Steven Spielberg.

Não confundir com a série policial "Taken" de 2017.

"Project Blue Book" (Projeto Livro Azul). 2019
Obviamente como qualquer série, tem um pouco de ficção, mas esta excelente série da NBC aborda casos Ufológicos que aconteceram realmente e, com alguma seriedade, além disso o nome Projeto Blue Book foi o nome verdadeiro de um programa de investigação e encobrimento de casos Ovni pela USAF (Força Aérea dos Estados Unidos).
Infelizmente após a segunda temporada, o canal não quer  renovar. Já existe uma petição com mais de 20.000 assinaturas, assinem aqui: Save Project Blue book





O sucesso foi garantido e diz-se que a NBC está a preparar uma outra série sobre Ovnis, intitulada "Debris".


Filmes:
1993: "Fire in the Sky" (Fogo no céu).
Baseado na história real de um incidente Ovni. Baseado no livro The Walton Experience, escrito por Travis Walton, o filme conta a história verídica da abdução de Travis Walton.
Em 1975, no Arizona, um lenhador é atingido por uma luz misteriosa e, diante de alguns amigos, foi abduzido e fica desaparecido por vários dias. Ao reaparecer, ele não se lembra onde esteve, mas aos poucos as lembranças da experiência vêm à superfície.





1998: Alien Abduction: Incident in Lake County (Abdução Extraterrestre, Incidente em Lake County).
Um filme considerado de categoria B, de baixo orçamento, mas por vezes este tipo de filmes surpreende com uma história muito boa.
O filme realizado por Dean Alioto foi feito para TV (e não destinado a cinemas), ao estilo de Blair Witch o filme choca por parecer tão real, há quem acredite que as filmagens são reais e o realizador tentou criar um filme com elas. Na cabana de uma família desaparecida, um polícia encontra uma fita de vídeo amador que mostra os momentos de terror vividos pela família. Um dos rapazes, que quer ser diretor de cinema, carrega sempre consigo a sua câmara e, quanto ocorre uma falha de energia, os irmãos vão investigar e acabam se deparando com extraterrestres que haviam acabado de aterrar.




2004: "The Forgotten" (Os esquecidos).
Apesar de muita ficção, o filme tem pontos interessantes, por exemplo a ligação emocional energética das mães aos filhos que foram levados por extraterrestres, mesmo que eles não estejam mais aqui na Terra, ligação essa que os extraterrestres não conseguiam compreender. Evidencia ainda como o Governo lida com o encobrimento dos casos de abdução extraterrestre, não pode impedir nem vencer os extraterrestres, apenas cooperar e encobrir.
Na história Telly Paretta, uma mãe que, de uma hora para outra, descobre que o seu filho de oito anos desapareceu completamente. Ninguém se lembra da existência do menino, nem mesmo o seu marido. Mas, quando ela descobre que o pai de um dos amigos do seu filho passou pela mesma experiência, Telly embarca numa missão para encontrar o filho a qualquer custo.




2009:"Fourth Kind" (4º Grau).
Refere-se a encontros imediatos de quarto grau.
Produzido por Olatunde Osunsanmi. Em minha opinião um dos filmes mais inteligentes sobre o tema OVNI.
Tem cenas muito realistas, numa das cenas que o homem levita na cama possuído, associam de forma inteligente os fenómenos que entendemos como paranormais aos fenómenos Ovni (podem estar relacionados) e quando ele canaliza uma mensagem com a voz dos extraterrestres eles parecem dar a entender que são os Anunnaki que os Sumérios referiam como deuses. Outro pormenor interessante; no Alasca há de facto, muita casuística Ovni.





2014: "Alien Abduction" (Abdução extraterrestre).
Outro filme de estilo "amador" realizado por Matty Beckerman. Uma família de férias perde-se e o patriarca desaparece. A mãe e os filhos procuram refúgio numa cabana e descobrem que o local é conhecido por inúmeros casos de abdução alienígena. Ao buscar ajuda, seres misteriosos tentam capturá-los.



2014: "Extraterrestrial" (Extraterrestre).
Gostei deste filme realizado por Colin Minihan, apesar de ter muita ficção (cena dentro do Ovni etc), revela os perigos da abdução extraterrestre e como o exército lida com as testemunhas. Também tem uma cena interessante que mostra o extraterrestre a influenciar mentalmente um dos polícias. April foi com um grupo de amigos para uma cabana na floresta, depois um Ovni despenhou-se e quando surgem extraterrestres (noutra nave) abduzem-nos.




2015: "Area 51".
Mais um filme estilo amador, realizado por Oren Peli, um grupo de jovens (Chris, Rob, Natalie e Paul) tentam entrar sorrateiramente na famosa Area 51. Apesar de alguns críticos na internet (que escrevem reviews negativas sem sequer raciocinar), o filme tem um pormenor técnico muito interessante quando um dos jovens entra dentro de um OVNI. Não vou revelar para não estragar (spoiler) quem desejar ver o filme, mas esse pormenor técnico é baseado em descrições reais como por exemplo detalhes que revelou Robert Lazar (um Físico que trabalhou na Area 51).



2015: "The Phoenix Incident". (Incidente de Phoenix).
Outro filme estilo amador, realizado por Keith Arem, porém baseia-se em relatos de avistamentos Ovnis reais, em Phoenix (Luzes de Phoenix, Arizona), obviamente tem ficção: cenas interessantes de Ovnis a derrubar bombardeiros B2, mas no início do filme eles mostram alguns videoclips reais de Ovnis (um deles filmado por pilotos da força Aérea).



2017:"Phoenix Forgotten" (Esquecidos de Phoenix).
Outro filme baseado nos avistamentos Ovni em Phoenix. Produzido por Justin Barber, com orçamento de 3 milhões.
Vinte anos depois de três adolescentes terem desaparecido na sequência de misteriosas luzes no Arizona, imagens nunca vistas antes daquela noite são descobertas, relatando as últimas horas daquela expedição fatídica.
O filme tem cenas interessantes de luzes e abduções.




2017: "The Gracefield Incident".


Produzido por Mathieu Ratthe. Mais um filme estilo "found footage" amador. O filme esteve mais de três anos para ser lançado, por falta de orçamento. Três casais foram passar um fim de semana numa casa de floresta em Gracefield, parece que caiu um pequeno meteorito, depois um estranho ser começa a raptá-los.




Sílvio Guerrinha

Share:

..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar neste blogue

Arquivo do blogue

Follow by Email

.



Meus blogues

Contacto-parcerias

Nome

Email *

Mensagem *