Papiro de Tulli e aparição de Ovnis

 









Talvez não saiba, mas no Egipto antigo houve registos da mais antiga aparição de OVNIS em massa.

Um papiro conhecido como "Papiro de Tuulli" da 18ª Dinastia (reinado de Tutmósis III) descreve vários objectos luminosos no céu (mais brilhantes que o sol).

O papiro teria o nome de "Tulli" em homenagem a Alberto Tulli, um antigo professor e director do Museu Egípcio do Vaticano, teria sido traduzido pelo irmão dele: o o Monsenhor Gustave Tulli.

A transcrição teria sido enviada mais tarde, pelo principe Bóris de Rachewilts para Tiffany Thayer, fundador da Fortean Society.







Transcrição:

“( lacuna 1) No 22.º ano , no terceiro mês do inverno , na 6.ª hora do dia (lacuna 2 ) . Os escribas da casa da Vida descobriram que era uma bola de fogo que vinha do céu. (Se bem que ) ela não possuísse  cabeça , o sopro da sua boca (tinha) um odor fétido. O seu corpo, uma vara ( cerca de 5 metros) de comprimento e uma vara de largura. Não emitia som.

Os seus corações estremeceram e lançaram-se à terra de bruços (lacuna 3) . Eles foram ter com o rei . . .(?) para relatar. A sua Majestade ordenou (lacuna 4) foi examinado , (lacuna 5) tudo quanto foi escrito na casa da Vida, a Sua Majestade meditou acerca do que chegara. Ora , após alguns dias se passarem essas coisas , eis que elas foram mais numerosas que nunca! Elas brilhavam no céu mais do que o Sol até aos limites de quatro pilares do firmamento (lacuna 6) . 

Poderosa era a posição das bolas de fogo. A armada do rei observava-as e o rei encontrava-se no meio dela. Era após a refeição da noite . Sobre esta , elas ( as bolas de fogo) se elevaram mais alto em direcção ao sul. Peixes e voláteis caíram do céu . (Era) uma maravilha jamais vista desde a fundação deste país! Ela pediu à Sua Majestade que usasse incenso para apaziguar a Terra (lacuna 9)  Para  escrever? ) o que chegou no livro da Casa da Vida (lacuna 10) . . a fim que se guarde a lembrança? ) na Eternidade“.


Nota: Essas lacunas são pontos pretos no papiro, parece "tinta" para tentar censurar os objectos ali desenhados?

Repare; antigamente havia um sistema de medição com uma vara, equivalia a 2,96 metros aproximadamente, porém eles observaram esse objecto à distância e compararam com o tamanho da vara. Mas como sabemos, qualquer objecto no céu à distância parece pequeno (quando  observamos um avião no céu ele parece pequeno) mas o tamanho real é bem maior. O mesmo aconteceu certamente com esse Ovni, na verdade era bem maior.


Alguns cépticos dizem que esse papiro descreve uma simples aparição de um meteorito.

Ora não entendem nada de astronomia, um meteorito desintegra-se em pedacinhos na atmosfera e faz vários clarões luminosos sim, mas depois termina.

Porém, nesse pergaminho relataram que DIAS DEPOIS era possível ver as bolas luminosas no céu, por bastante tempo (tanto que o rei e a armada observaram as esferas no céu) e algumas destas se elevaram no céu em direcção ao sol.

Ora se fossem destroços de um meteorito desfazendo-se na atmosfera, a posição dos destroços seria descendente (queda), não subiam no céu nem surgiam dias depois.

Share:

Sem comentários:

Publicar um comentário

..

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar neste blogue

Arquivo do blogue

Follow by Email

.



Meus blogues

Contacto-parcerias

Nome

Email *

Mensagem *